Posts com Tag ‘abuso’

Um dia desses eu estava assistindo vídeos no YouTube, sem qualquer finalidade específica, só por curiosidade, até que me deparei com este:

Trata-se de uma filmagem independente (aparentemente), contando breve histórico de Gustave, um crocodilo-do-nilo que vive no Burundi, pequeno país da África central. Segundo consta, o réptil tem 6 metros de comprimento, mais de 900 kg e cerca de 60 anos de idade, tendo devorado mais de 300 seres humanos às margens do Rio Rusizi, que desemboca no famoso Lago Tanganica.

A enormidade do animal, classificado como o maior crocodilo já visto na África, deve-se ao seu gosto peculiar por carne humana, hábito que desenvolveu na época em que a ditadura militar do Burundi jogava os inimigos do regime no habitat de Gustave.

Evidentemente, a National Geographic já fez máterias sobre o “jacaré” em sua programação. Mas o mais incrível é que foi rodada uma produção bastante criticada sobre o crocodilo para o cinema, chamada “Primitivo”, no qual o réptil é superdimensionado e visto como um pesadelo. Não vi o filme, mas boa coisa não deve ser.

Para encerrar, comentando o vídeo que assisti, só posso dizer que o crocodilo realmente existe, não é um monstro de outro mundo, age instintivamente como os outros répteis e está fazendo o seu papel: se alguém se bobear e cair na sua área, ele devora.

Creio que não vai ser fácil conseguir capturar viva essa lagartixa!

Eu mereço!

Publicado: 05/07/2008 por BigDog em Nem fodendo...
Tags:,

Recebi a seguinte mensagem de e-mail:

Sabe tem cantores ou grupos de musicas que marcam nossa vida, e sabemos que tudo pode acontecer quando acreditamos, a nossa vontade trazer o A-ha para o Brasil novamente, como poderiamos trazer o Queem sem o Fredy Mercury o Roling Stones, os restantes dos beatlhes entre outros,
O A-ha marcou nossa vida e gostariamos bastante que eles voltassem e queriamos sua ajuada divulgando e prospectando sua volta para amigos, pois me separei da minha futura esposa em 1994 e voltei com meu amor em 2006, sempre amando e lembrando da maior banda de musica lenta.
Comecamos a namorar em 1991 fomos ao show deles e queremos de volta no Brasil, pois minha Mae adora eles, ajude-nos a traje-los novamente em Sao Paulo em [editado para evitar qualquer colaboração] se quizer se comunicar mande e-mail para [editado para evitar qualquer colaboração]
Beijos Fabio. Os acentos nao foram computados

A cada dia eu detesto mais o spam. Qual a chance de alguém conseguir alguma coisa desse modo, enviando uma mensagem mal escrita, feita basicamente de idéias soltas e desconexas, errando crassamente o nome de artistas – tá se fosse para escrever ‘Lynyrd Skynyrd’ eu até entenderia, mas BEATLES o sujeito não pode errar – enfim, enchendo caixas postais de lixo. E ainda mais para pedir ajuda para que seja realizado um show do A-Ha!!! Claro que não há como selecionar, no meio do pacotão de e-mails válidos que se adquire de algum picareta virtual – ops, desculpe, agregador de mala direta – para quem enviar a mensagem, mas um pouquinho de bom senso poderia ajudar. Algo do tipo “se você é fã do A-ha e gostaria de trazê-los de volta ao Brasil, clique no link abaixo e participe da campanha”, deixando para que o destinatário escolha se vai ou não saber as condições necessárias para que ocorra o evento proposto, e isentando os demais do sofrimento. Se o sujeito não souber nem criar e hospedar um site básico para arregimentar pessoas, ainda assim existem serviços on-line para esse tipo de tarefa. Eu, só de raiva, estou fazendo o seguinte:

A-Ha na Casa do Caralho!!!

Pronto, ajudei a mandar o A-Ha para algum lugar.