Asus Eee PC – Primeiras impressões

Publicado: 12/04/2008 por BigDog em Não há o que não haja!, Um muito sobre nada...

Com essa nova onda de queda dos preços dos notebooks, fiquei em dúvida se estava na hora de adquirir um destes equipamentos. Claro que sempre tive em mente que, basicamente, um notebook não seria meu computador principal, porque as configurações oferecidas por um preço razoável sempre são bem inferiores às de desktops muito mais baratos. Para ter um PC portátil que atendesse todas as minhas necessidades, reais ou criadas pela minha teimosia, teria de desembolsar até dez mil reais – preços médios do Vaio e MacBook tops de linha -, o que evidentemente estava fora de questão. De mais a mais, não estou naquela categoria de profissionais que precisam de um computador sempre à mão. Posso muito bem esperar para chegar em casa e usar meu PC confortavelmente. Enfim, o notebook para mim seria para excepcionalíssimas eventualidades de viagens e coisas assim. Disso, concluí que não valeria a pena comprar um notebook meia boca por dois ou três mil, porque este computador ficaria fechado a maior parte do tempo, e sempre que eu colocasse o negócio em funcionamento seria para me lamentar quanto à qualidade dos gráficos em jogos, demora nos processos de manipulação de áudio e falta de espaço de armazenamento. Em resumo, seria uma experiência frustrante, que sempre faria com que eu lamentasse o dinheiro despendido. Reduzidas as expectativas, fui conhecer o Asus Eee PC em uma loja do shopping e concluí que, finalmente, havia encontrado exatamente o equipamento que eu precisava, por um preço que estava disposto a pagar para ter um equipamento que fizesse o básico, quando necessário. Estou escrevendo este post no Eee, e até o momento não senti nenhum problema em trabalhar com ele, apenas o uso das teclas de atalho para colocar acentos e cedilha (o teclado é em inglês), mas isso já estava previsto quando resolvi comprar o brinquedinho.

Mas vale a pena? Sinceramente, se você usa seu PC para acessar a internet, ouvir uma ou outra música e assistir a algum vídeo, editando um ou outro texto ou planilha, sem exigir muito do hardware, então este é o computador para você. O sistema operacional Linux Xandros é redondinho e não deixa muita margem à dúvida na hora de trabalhar com ele. O aplicativo de escritório – Open Office – está se mostrando 100% compatível com todos os arquivos gerados no Microsoft Office e os players de vídeo e som são muito bons. Arrisco a dizer que o Amarok chega a ser melhor que a tranqueira do Windows Media Player, inclusive com mais recursos integrados à web e maior facilidade no gerenciamento de conteúdo, apesar da evidente “feiura”. Mas sinceramente, firulinhas visuais não dizem nada na hora da eficiência do programa. Enfim, o Eee PC é uma excelente solução para quem não quer gastar muito por um segundo computador, cuja função vai ser fazer o básico. Por enquanto, estou muito satisfeito com a aquisição. Até porque a bateria dura muito mais que a de um notebook comum – não me pergunte o porquê, talvez tenha a ver com a memória SSD instalada no lugar dos tradicionais HDs – e dá para passar um bom tempo sem sair correndo para procurar uma tomada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s