Acreditei que era possível

Publicado: 12/04/2008 por Crânio em Fórmula 1

Para comemorar meu jejum bloguístico de 1 ano, eis que volto a teclar minhas barbeiragens, apresentando à freguesia considerações pessoais referente ao mundo de primeira grandeza inútil da fórmula 1.

A primeira corrida do ano, na Australia, apresentou um panorama assaz auspicioso: muitas quebras, muitas barbeiragens, muitas ultrapassagens e a volta dele: Imprevisível de Almeida, personagem a muito distante do automobilismo e que devemos a ele a paixão por qualquer esporte.

Pode-se até dizer que a vitória de Hamilton era algo prevísivel, porém a quantidade de carros quebrados, com motores estourados, a formação do pódio e as Ferraris marcando apenas um ponto eram a demonstração de que algo poderia estar mudando neste esporte.

Mas eis que temos a 2º e 3º etapa, na Malásia e Bahrein respectivamente, e o nobre personagem resolve não dar as caras. Não sei se não convidaram ou se barraram a sua entrada, mas as únicas ausências na tabela de pontuação foram Felipe Massa na Malásia e Hamilton no Bahrein. Muito pouco em se tratando de melhoria de competitividade.

Como explicação para estes resultados previsíveis, algo que escrevi ano passado: excesso de testes em pistas utilizadas durante a temporada. Se uma equipe testa seu carro durante uma semana num autódromo um mês antes da corrida, é óbvio que ela já montou toda uma estratégia para a corrida, pois possui uma montanha de dados de telemetria. Cabe ao piloto apenas realizar na prova tudo o que ele treinou exaustivamente um mês antes.

Na Austrália, ninguém testou. Na Malásia todo mundo testou. No Bahrein, alguns testaram.

As provas de GP tornaram-se meras exibições do que foi testado e programado previamente!

Acho melhor eles venderem ingressos para os dias de testes coletivos, além de marcarem a pontuação a partir dos resultados dos testes coletivos. Será um pouco mais emocionante…ou menos enfadonho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s