Sobre fezes e ventiladores

Publicado: 11/04/2008 por BigDog em Não há o que não haja!, Um muito sobre nada...

Jogar dejeto no ventilador é a coisa mais fácil que existe. Digo isso porque, basicamente, basta pegar um saquinho contendo o material e atirá-lo contra o ventilador, em funcionamento, logicamente. Difícil é limpar a sala depois disso. Pois é exatamente esta a minha tarefa atual: retirar todos os resquícios do produto do ambiente. Vai ser muito difícil e pode requerer diversos acessórios, tais como pá, vassoura e rodinho. Claro que eu tenho interesse em remover toda a sujeira, senão não me submeteria a essa degradante tarefa. Mas não pensem que não tive vontade de pegar o meu saquinho e arremesá-lo junto contra o aparelho, apenas para ver o circo pegar fogo – ou, no caso, aumentar o mau cheiro. Não, como já disse outro dia, dois erros não fazem um acerto. Pazinha, paciência e muito trabalho, portanto.

Do Mario Prata:

Se você pensa que o ventilador é uma invenção do século XX e que, portanto, só recentemente se começou a “jogar merda no ventilador”, está muito enganado. Nancy Armstrong, em seu livro A Collector’s History of Fans (,fan é ventilador, em inglês), de 1974, nos dá conta de que na China já havia ventiladores dois séculos antes de Cristo. Os chineses introduziram o ventilador no Japão no segundo século depois de Cristo. Portanto, quem começou a “jogar merda nos ventiladores” foram os chineses e os japoneses. Os electtric fans do século XX muito vieram a ajudar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s