Atenção: defesa do governo Lula!

Publicado: 05/04/2008 por BigDog em Isto é Brasil..., Populítica

Um dia desses o Crânio me chamou de Diogo Mainardi. Não gostei, evidentemente, não porque ache que minhas críticas ao governo Molusco I, o corporativo, sejam descabidas e maldosas como as dele, mas porque o Diogo Mainardi é uma besta rematada. Enfim, acho que realmente carreguei demais na farinha nos últimos tempos, mas isso é mais um reflexo da frustração com a administração do PT, que eu sempre desejei, do que dos fatos em si. Sempre escrevo que não acho que este governo seja o responsável pela maior roubalheira da história do Brasil, como se apregoa por aí, apenas critico ter continuado participando de esquemas e atitudes que eu esperava ver banidos da vida política brasileira.

Agora, no entanto, tenho de dar razão à Lula e seus ministros. Esse caso do suposto dossiê contendo as despesas do ex-presidente FHC, da primeira dama e dos membros de seus ministérios, constitui algo completamente desarrazoado e certamente vista exclusivamente a arranhar a imagem do governo federal, em alta com as camadas mais baixas da população e construindo um caminho seguro para a eleição do sucessor indicado por Lula. Ora, raciocinem comigo, se dinheiro público foi gasto em compras nos cartões corporativos na era FHC, que mal há em organizar estes dados e, até mesmo, em divulgá-los? Por que essas informações não podem cair em domínio público – tenho sérias dúvidas se podem ser classificadas como sigilosas – se é esse mesmo público que banca a farra com cartões corporativos que ocorreram e ocorrem? Definitivamente, é muito barulho por nada. Claro que a intenção de quem organizou estes dados era afastar as acusações de abuso ocorridas neste mandato, comprovando que sempre foi assim, ou seja, preservar a imagem do presidente e dos ministros, passando a imagem de que apenas mantiveram um sistema antigo. Mas isso não é crime, de maneira nenhuma. Existem basicamente dois tipos de pessoa: os que acham que dois erros fazem um acerto e os que sabem que apontar as falhas alheias não diminui em nada suas próprias deficiências. Todos esses têm direito a voto e é claro que a repercussão de dossiê isso ou aquilo altera o resultado de uma eleição, mas o que parece importante é perguntar se os dados computados no tal banco de dados – como quer a ministra Dilma Rousseff – ou dossiê são verdadeiros. Se forem, sinto muito, mas aparentemente nada de irregular está acontecendo. Eventualmente, uma falha disciplinar de algum servidor público, a ser apurada em sede de sindicância interna com as punições que a lei prevê. Só isso.

Em entrevista coletiva para explicar a origem dos dados publicados e questionar a validade das informações divulgadas pela imprensa, a ministra Dilma Rousseff fez a mesma referência:

A ministra criticou o que chamou de “escandalização do nada” porque parte dos gastos presentes no dossiê são essenciais à Presidência da República. “Eu acho estarrecedor a escandalização do nada dos gastos da presidência da República. O presidente receber convidados sem nenhum rito especial não está de acordo com a democracia? É possível ter algum pequeno problema, mas podem procurar de lupa, não vão encontrar. É o fato de tentarem escandalizar o nada, seja ao que se refere ao nosso período ou ao período do ex-presidente Fernando Henrique.” (fonte: Folha de São Paulo)

Manobras eleitoreiras que não envolvam gastos públicos, desde que embasadas na verdade e sem desrespeitar qualquer preceito constitucional ou legal, são válidas. A política é um jogo sujo e quem não está preparado para receber um pouco de lama na cara deve desistir e tentar o comércio. Para mim, essa história de dossiê não diz nada, porque realmente não me importo se FHC gastou ou deixou de gastar. O que me importa, de verdade, é se estes gastos – e os do governo atual – foram lícitos ou se houve desvio, mamata, jeitinho ou abuso. Fora isso, o resto é lantejoula.

Anúncios
comentários
  1. Felipe Wolfarth disse:

    Concordo. E tem mais. Concordo e assino embaixo.

  2. Alexandre Ozorio disse:

    Voltando!!!!!
    Pois bem, o dia que inventarem (!!!???) um governo que não roube, o Sapucaiense estará na final do mundial de clubes no Japão, desafiando o Karaztvutka da Turquia!!!
    TODOS governos, por lidarem com muito dinheiro, ficam à mercê de pessoas que também têm muito dinheiro e influência, além de pessoas amadoras que acham que é possível gastar dinheiro público e não serem notadas. Até 10 anos atrás era possível, hoje não mais!!! Resta apenas saber qual governo rouba e ainda consegue dar alguma dignidade a economia, possibilitando crescimento (notícia do site G1 – 6 anos que a industria automobilistica cresce). Agora entendo porque os paulistas votam no Maluf….
    Cara, não lembro mais senha, como escrever, como entrar no blog para escrever…

  3. BigDog disse:

    Mas ora vejam se não é o Crânio. Tava com teu aviso de abandono de emprego pronto. Seguinte: deve ter algum link do tipo “esqueci a senha” na entrada da bagaça. Se não tiver, dá o toque que eu te deleto da ABRIC e mando outro convite. Aquele abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s