Porcaria globalizada

Publicado: 28/03/2008 por BigDog em Mundão da internet, Não há o que não haja!

Todo mundo que possui e gosta de utilizar aparelhos eletrônicos de ponta sempre fica preocupado com a durabilidade e conservação de seus favoritos. Mesmo sabendo que, dentro de muito pouco tempo, provavelmente vai substituir o aparelho por outro mais sofisticado, ainda que não vá usar os recursos do novo. Na ordem mundial vigente, o antes condenado esbanjador novidadeiro virou um sujeito descolado e, em um certo sentido, mais preparado do que a escumalha gargarejante. Por mais ridículo que isso possa parecer. No meu caso, como gosto apenas de coisas que me permitam ouvir e armazenar boa música, me restrinjo a adquirir os gadgets necessários à manutenção desse passatempo, e fim de linha. Ninguém jamais vai me ver desfilando celular de último tipo, nem abrindo notebook em shopping center para pegar o sinal wi-fi do McDonald’s. E é claro que passo pela experiência enlouquecedora de constatar o primeiro risco no cromado do iPod, como todo mundo. Comprei umas capas nacionais para tentar proteger meu fiel companheiro, mas todas eram inadequadas, mal projetadas, e, em resumo, mais atrapalhavam do que ajudavam. Foi quando descobri a Gelaskins, uma empresa canadense que desenvolveu uma espécie de adesivo decorativo/protetor, com a finalidade de evitar danos a iPods, notebooks e similares, sem retirar a funcionalidade desses equipamentos. Apesar do preço, quase US$ 15,00, comprei um desses adesivos (o da imagem), pensando, ingenuamente, que ele cumpriria o prometido. Afinal, era uma conceituada empresa canadense, sobre a qual já havia lido em diversos sites sobre tecnologia. Recebido o produto, entretanto, pude constatar que, definitivamente, a porcaria está completamete globalizada. O negócio é medonho, tosco e muito difícil de aplicar corretamente. Além disso, o tamanho está errado e fica sobrando um pedaço, que já está descolando e juntando sujeira. Enfim, dinheiro posto fora. E por que eu não deixo de usar o negócio? Porque temo que, ao contrário do afirmado na hora da venda, essa tralha ainda deixe uma meleca de cola no lugar em que estava colada. Aí sim, vou ficar irritado. Por isso, deixa como está. Mas não compre, diz a cobaia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s