ASSEMBLÉIA GERAL (prá lá de) ORDINÁRIA

Publicado: 23/04/2007 por BigDog em Mundão da internet

A Academia Brasileira das Idéias Confusas – ABRIC, na forma de seu estatuto e em observância dos ditames legais atinentes à matéria, torna pública a CONVOCAÇÃO de seus membros para sua 1ª Assembléia Geral Ordinária, a ser realizada aos vinte e sete dias do mês de abril do ano da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo de 2007, às 22 horas, no ABRIC Convention Center, também conhecido por salão de festas do prédio do Cachorrão. PAUTA: a) assuntos administrativos e definição do plano de gestão, cuja deliberação deverá tomar no máximo 5 (cinco) minutos, conforme previamente estabelecido em estatuto; b) churrasco de confraternização. CARDÁPIO: picanha, pernil de cordeiro e morcella dulce uruguaia. As impugnações ao cardápio, conforme artigo 171, LXIX, “c”, do estatuto social deverão ser apresentadas por escrito no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas antes da assembléia, oportunidade em que passará por votação entre os membros, sendo aprovada por maioria simples, com direito a veto pelo acadêmico encarregado de seu preparo, desde que por comprovada imperícia técnica no preparo do prato sugerido. TRAJE: Qualquer um, desde que não apareça nada que os outros não precisem ver. AUSÊNCIA: a ausência não justificada de qualquer dos acadêmicos não gera, conforme previsão estatutária, qualquer penalidade, a não ser o direito dos presentes de tratá-lo por “bundão” e “calça frouxa” durante o evento, não sendo autorizada qualquer forma de degradação moral do ausente após o final do efeito das bebidas alcoólicas ingeridas. DELIBERAÇÕES: as deliberações somente serão aprovadas por maioria, sendo vedado ao acadêmico sóbrio proferir qualquer voto até que se encontre devida e comprovadamente embriagado. PUBLIQUE-SE.

Anúncios
comentários
  1. Felipe Wolfarth disse:

    Folgo em dizer que confirmo a minha presença, bem como do meu “estafeta” Lucas, futuro membro deste mui valoroso sodalício.
    Por questão de ordem e preferência, calha à este acadêmico impugnar o prato “morcella dulce” uruguaia, haja vista que não aprecia o prato, por motivos de paladar personalíssimo.
    Demais disso, não há motivos para substituição do referido quitute, a não ser que o seja por lingüiça ou o salsichão bem assado do acadêmico “chef charlatão”.
    Outrossim, é mister consignar que os demais cortes bovinos e ovinos, respectivamente, são do agrado geral, fato público e notório.
    Por fim, este acadêmico sugere ao acadêmico anfitrião a feitura do denominado “pão com alho”, iguaria de cunho acessório, mas quase que indispensável aos convivas, principalmente ao “estafeta” Lucas.
    Nestes termos, pede deferimento.

    Alemão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s